O trabalhador que depende do recolhimento da contribuição previdenciária pelo carnê do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) deve ficar de olho no calendário de pagamentos de 2015.

A Previdência Social tem datas diferentes para o pagamento de autônomos, dos patrões das domésticas, dos MEIs (microempreendedores individuais) e dos empregadores.

O atraso no acerto dos carnês gera multa e prejudica a concessão de benefícios previdenciários, como a aposentadoria e os auxílios doença e acidente.

As datas de vencimento a cada mês são diferentes para pessoas físicas e jurídicas.